Vivendo em Cracóvia + Roteiro Completo para Turistas

Cześć!

Me mudei para Cracóvia em Setembro/17 e após algum tempo recebi o convite do grande amigo Windson para escrever e falar um pouco sobre esta cidade cheia de história e uma das mais bonitas da Polônia (sem bairrismo), é destino numero 1 no país segundo o TripAdvisor.

Destino de boa parte de turistas que visitam o leste europeu, Cracóvia traz um mix de aula de história com paisagens incríveis. Em poucos minutos de caminhada é possível sair da arquitetura do centro histórico, rodeado de fortes, castelos para um cenário de tirar o fôlego de um pôr-do-sol as margens do Rio Vístula (Wisła).

Pôr-do-sol no Rio Vistula

É possível fazer roteiros de 2, 3, 5, 7 e até 10 dias em Cracóvia. Vou falar um pouco da minha experiência como residente e sugestões de lugares convencionais/obrigatórios e também outros não tão procurado por turistas, já que boa parte costuma permanecer durante apenas 3 dias.

Neste post vou dividir as recomendações de acordo com meu gosto e lugares que visitei. Vamos lá?

Tour Histórico

Cracóvia tem uma história bem rica e interessante que data de mais de um milênio. Andar pelas ruas estreitas do centro e passar pelos tour guiados é um convite a conhecer um pouco mais sobre a cidade. Há bastante lugares para visitar e reservar um dia para conhecer do Centro e da historia dos Judeus no Bairro Judeu de Kazimierz e nos Guetos vale bastante a pena.

  • Centro Histórico
    • Aqui ficam as principais atrações turísticas de Cracóvia. A cidade foi erguida e cresceu ao redor da Stare Miasto (Cidade Velha). Encontre um free walking tour e conheça um pouco de sua história.
    • Atrações:
        • Monumento Grunwaldzki
        • Barbakan
        • Floriańska St.
        • Basílica de Santa Maria
        • Sukiennice (Mercado Principal)
        • Museu Subterrâneo (Podziemia Rynku)
Natal na Praca Principal
Basilica de Santa Maria
Museu Subterraneo – Podziemia Rynku

 

  • Auschwitz

Prepare-se para relembrar um dos momentos mais tristes da historia mundial que foram o extermínio de milhares de pessoas, em sua maioria judeus, nos campos de concentração de Auschwitz. Lá foram enviados milhares de judeus que foram presos em condições terríveis. É um tour bem pesado e nos faz refletir e lembrar de como a Guerra foi algo tão ruim para o mundo e para os poloneses, principalmente.

Como chegar? A maneira mais fácil é de um trem que sai da estação principal com destino a Oświęcim (cidade onde os campos de Auschwitz foram construídos). Pagando apenas 9zł por trecho em 2h de viagem é possível estar la. Se deseja ter mais conforto é possível pagar por um pacote completo com guia + traslados e tickets em empresas de turismo no centro, mas sem duvidas sairá mais caro.

Minha recomendação: Reserve um dia + uma tarde para esta visita. Compre tickets com antecedência com guias no site Visit Auschwitz e vá de trem. Chegue cedo, pois lá costuma ser um destino bem cheio de turistas. Primeiro visite o campo Auschwitz I, onde fica o Museu e em seguida vá para o Auschwitz  II – Bierknau. Vá e volte de trem. Assim você economiza cerca de 50zł.

Entrada em Auschwitz I – Arbeit macht frei (O trabalho liberta)
Entrada em Auschwitz II Birkenau
Espaço adaptado onde Judeus “dormiam”
“Em memória de homens, mulheres e criancas vítimas do genocidio Nazista. Aqui estão suas cinzas. Que suas almas descansem em paz.”
  • Minas de Sal

As Minas de Sal em Wieliczka tambem é um destino quase que obrigatório para quem visita Cracóvia. Faz parte de um dos 12 objetos da lista de Patrimônios Culturais da UNESCO. Construída por dezenas de geracões de mineradores é um monumento da historia polonesa que está presente ao longo dos séculos.

Wieliczka Salt Mine
  • Castelo de Wawel

O Castelo de Wawel sem duvida alguma é um dos monumentos mais imponentes de Cracóvia. Construído as margens do Rio Vístula, este enorme castelo também inclui uma Catedral e faz parte do folclore polonês na lenda do Dragão de Wawel.

Castelo de Wawel visto do Rio Vistula
  • Fábrica de Oskar Schindler

Já assistiu o filme “A lista de Schindler”? Neste lugar se passou a história de Oskar Schindler, o homem que salvou mais de 1,200 judeus durante a Segunda Guerra. O local é um museu que retrata desde a invasão de Cracóvia pelos alemães em 1939, ate a libertação pelo exército vermelho em Janeiro de 1945.

Escritorio de Oskar Schindler
  • Bairro Judeu de Kazimierz

Kazimierz e um tradicional bairro em Cracóvia. E considerado o bairro mais boêmio da cidade, cercado por pubs e bares é uma excelente pedida para quem gosta de curtir a vida noturna. Também esta na rota de quem deseja conhecer um pouco mais da historia de Cracóvia, pois la ficam muitas sinagogas e cemitérios judeus. Se tem interesse na história judaica, um tour guiado neste bairro é uma ótima escolha.

  • O que fazer?
    • Tour Judeu: Cemiterios e Sinagogas
    • Memorial dos Guetos dos Judeus
Plac Nowy em Kazimierz
Sinagoga em Kazimierz
  • Ponte dos Cadeados (Kładca Ojca Bernatka)

Ponte cheia de cadeados de casais que liga a Cidade Velha ao bairro de Kazimierz. De la pode-se apreciar uma bonita vista do Rio Vístula.

Explorando a natureza

  • Cracóvia tem muitos parques, lagos próximos, e até um rio que cruza a cidade e separa bairros importantes. É sempre possível descobrir novos lugares após uma longa caminhada e se impressionar. Durante a primavera e o verão é a melhor época para passar algum tempo nestes lugares, pois o sol e o clima favorecem bastante.
  • Atrações:
    • Rio Vístula
    • Krakus Mound
    • Kościuszko Mound
    • Jardim Botânico – Jagiellonian University

 

Krakus Mound
Kościuszko Mound

Pubs + Vida noturna

  • A vida noturna em Cracóvia é repleta de opções. Para quem gosta de cerveja é um enorme parque de diversões pois os pubs e bares oferecem cervejas de todo tipo e por um preço muito bom (ainda mais se comparado com a Europa ocidental). Vodkas polonesas também são é uma excelente opção, ja que existem um infinidade de shots para degustar. Também há clubs para quem gosta e quer curtir o modo mais agitado da cidade.
    • Centro
      • Forum Przestrzenie
      • Pubs no complexo Tytano [No Weźże Krafta há uma infinidade de cervejas artesanais]
      • Hard Rock Cafe
      • House of Beer
      • Beer Gallery
      • Multi Qlti
      • Bania Luka
      • Pijalnia [Prove a vodka de Tabasco]
      • Szototo
      • Ambasada Śledzia
      • Lubicz Brewery
      • Teatro Cubano
      • Shakers Club
    • Kazimierz
      • Omerta
      • Alchemia
      • Strefa Piwa
      • Opium Music Club
      • Entropia
      • Shine Club
Fim de tarde no Forum Przestrzenie

Atrações para Familia

Se vem com a família para Cracóvia também existem atrações alternativas onde é possível se divertir bastante. De zoológico a parque de diversões Cracóvia pode proporcionar grandes momentos para toda a família, de crianças a idosos.

  • Atrações:
    • Zoológico de Cracóvia
    • Energylandia
    • Parque Jordana
    • Museu Nacional (Muzeum Narodowe)
    • Museu da Armas (Muzeum Armii Krajowej)
    • Tauron Arena
    • Estadio Henryka Reymana (Wisła Krakow)
    • Estadio de Cracovia (KS Cracovia)
Parque Jordana
Arena Tauron
Estadio Henryka Reymana – Wisla Krakow

No verão

    • Plaża Bagry: Lago rodeado por árvores onde as pessoas se reunem para fazer churrascos, praticar esportes e se refrescar do calor. Possível chegar de bike, o passeio é bem tranquilo.
    • Krispinów: Conhecido como a “praia” de Cracóvia, onde as pessoas costumam pegar o sol e tomar banho numa área feita especialmente para os meses mais quentes do ano.
    • Zakrzówek: Uma antiga pedreira onde fica um lago muito bonito. A paisagem é incrível e o banho durante o verão pode trazer uma sensação bem refrescante.
Zakrzówek
Plaza Bagry
Kryspinów

No inverno

O inverno em Cracóvia é bem rigoroso para os padroes brasileiros. A temperatura entre Dezembro e o inicio de Marco pode variar de -20°C a 5°C. É necessário estar bem agasalhado e preparado para encarar o frio nesta época do ano.

Inverno em Cracovia
    • Patinação no gelo

  • Zakopane
  • Białka Tatrzańska
Pista de Ski em Bialka

Informações para Turistas

Como chegar

  • Já estando na Europa vindo do Brasil há inúmeras possibilidades, dependendo da cidade que você venha há opções bem baratas de ônibus ou trem e até mesmo avião dá para encontrar preços em conta em companhias low coast como a Ryan Air ou Easy Jet (menos de 100zł por trecho). Quando me mudei vim por Frankfurt e o voo foi de menos de 2h e bem tranquilo. Também ja voltei de Praga de ônibus pagando menos de 40zł por trecho. Recomendo checar as opções no GoEuro.com 🙂

Do Aeroporto para o Centro:

  • Existe uma linha de trem que sai direto do Aeroporto para a estação principal e custa 9zł por trecho. É a forma mais rápida de chegar. Ao desembarcar basta seguir a sinalização, checar os horários e adquirir seu ticket.
  • Também há uma linha de ônibus que passa pelos principais pontos da cidade e custa apenas 4zł. É a forma mais em conta de chegar.
  • Não recomendo ir de taxi é muuuuito mais caro (chega a custar 100zł). Em último caso, ou se deseja mais conforto, vá de Uber ou Taxify que sai bem mais em conta.

Transporte

  • Cracóvia tem um transporte publico que funciona muito bem na maioria das vezes. Há opções de tram (bondinhos), ônibus e trem (para quem deseja ir para lugares mais afastados). Os tickets na cidade podem ser utilizado tanto em trams quanto em ônibus de acordo com o tempo: 20min (2,8zł) e 40min (3,8zł). É possível compra-los dentro do transporte ou em máquinas em algumas paradas. Lembre de sempre validá-lo ao iniciar sua jornada, caso contrário se algum fiscal abordá-lo você poderá ser multado.

Moeda

  • A moeda polonesa é o Złoty (pronuncia: Zuóte). E a cotação em euros costuma ser mais ou menos 1:4.1, variando um pouco para mais ou menos, ou seja para cada €1 você terá 4,10zł. Comparando com o real é quase o mesmo valor.

Alimentação e Culinária Local

  • Alimentação é algo bem pessoal, e eu particularmente não acho a culinária polonesa tão rica quanto a brasileira, mas quando vim para cá achei que seria um processo de adaptação mais complicado. Tem alguns pratos mais saborosos e temperados como Bigos e outros nem tanto como o tradicional Pierogi. Minha recomendação: vale a pena experimentar um pouco de cada, assim sua experiência com a cultura polonesa será mais interessante e rica. Prove: Zapiekanka, Pierogi, Bigos, Kotlet Schabowy e Żurek.
  • Ha restaurantes de todos os tipos em Cracóvia, assim sua experiência gastronômica pode ser bem completa. Havia um restaurante brasileiro, porém agora se encontra fechado.
  • Sugestões:

Hospedagem

Esse tópico não tenho muita opinião pessoal, pois só me hospedei em um AirBnb por apenas 15 dias antes de encontrar meu flat atual. Fiquei há 5min de caminhada para o centro e o valor foi bem ok para um apartamento espaçoso para uma pessoa (acomodaria até umas 4 tranquilamente), portanto recomendaria AirBnb ao invés de hotel. Se gosta da atmosfera de hostel, aqui também tem bastante opções e bem acessíveis. Ha ainda o CouchSurfing e até já recebi algumas pessoas, bem legal para ter contato com residentes e pegar dicas mais diretas do que fazer. (Se tiver interesse em vir e for em até 3 pessoas posso recebe-los).

Dicas Gerais

  • Se vier do Brasil troque o Real por Euro e depois o Euro por Złoty. A conversão direta de Real para Złoty na maioria das vezes não vale a pena.
  • O nível de inglês da população é relativamente bom, principalmente nos pontos turísticos, porém se precisar fazer algo mais pontual ou fora do convencional pode ser um problema pois boa parte das pessoas mais velhas não tem familiaridade.
  • Em 2018 o governo polonês aprovou uma lei que proíbe o comércio de funcionar os domingos, está sendo implantado ao longo dos meses, portanto programe-se caso necessite comprar alguma coisa em shoppings ou supermercados e faça com antecedência.
  • O povo polonês é bem receptivo, principalmente com brasileiros, ainda mais se você tentar se aventurar em algumas palavras dessa lingua difícil que é o polonês. Segue um guia bem básico para se comunicar por aqui:  https://en.wikibooks.org/wiki/Polish/Some_useful_expressions
  • Existem Free Walking Tours tanto no Centro quanto em Kazimierz, aproveite dessa opção, pois é bem em conta e tem a mesma experiencia de um tour pago. Porém uma gorjeta para o guia cai bem.
  • Nos restaurantes não há o costume de pagar gorjetas. Às vezes os garçons até recusam. Em pubs/bares, há caixinhas para gorjetas no balcão e você escolhe se deseja deixar algum agrado ou não.
  • Há opções de transportes alternativos como bicicletas, carros e até scooter compartilhadas. Cheque em:

Bem, o post ficou um pouco extenso mas espero ter passado um pouco da minha experiencia vivendo em Cracóvia. É uma cidade incrível e que recomendo bastante a visita. Vale muito a pena apreciar cada minuto de estadia e reservar alguns para uma visita. E claro, para quem vier e deseja parar pra tomar uma cerveja ou caminhar pela cidade fica a vontade para me chamar 🙂

Por fim deixo um vídeo de Cracóvia do canal do amigo Davi Vieira: https://youtu.be/mgjybSMiEyw

Pozdrawiam,

Henrique Luz
http://henriqueluz.wordpress.com
@henriquel.lp

2 respostas para “Vivendo em Cracóvia + Roteiro Completo para Turistas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *