EuroTrip 2017 – Roteiro de 3 dias em Munique

Continuando nossa viagem, saímos de Dinkelsbuhl (conforme falado no último post) rumo a Munique, no dia 25/5.

E lá ficamos no Hotel Kavun. Boa localização com estações de metrô, bom wi-fi e café da manhã. Hotel honesto, mas a gente esperava coisa melhor por €311, (incluído €66 de café da manhã que pagamos lá) por 3 diárias. No link acima para o Tripadvisor fazemos uma análise mais detalhada.

1º dia – 25/5

Assim que chegamos, pedimos um Uber (€5,11 Mercedes Classe E) pois a Lívia queria ir nas ruas de compras próximo a MarienPlatz antes de fechar. Pena que ao chegar vimos que era feriado (25/5: Dia da Ascensão), tudo fechado.

Então resolvemos dar uma volta pela MarienPlatz. É um bom lugar pra você começar seu passeio pela cidade. Sempre muito lotada, o que mais chama atenção na praça é a Neues Rathaus, prefeitura neogótica com uma torre com vista para a cidade.

Marienplatz
Marienplatz

De lá vá a pé na Hofbräuhaus. Um bar que é uma mansão com várias salas e ambientes que chegam a atender cerca de 3500 clientes ao mesmo tempo. Muito lotado, quase a gente não conseguia achar mesa vaga.  No momento que escrevo é considerada a melhor opção de vida noturna em Munique pelo TripAdvisor. Recomendamos: carne de boi alpino com erva forte (parece wasabi) e salsicha tradicional de Munique (as 2 por €13,90). As cervejas Hofbrau saem por €8,60 (a “canequinha” de 1 litro).

Hofbräuhaus
Hofbräuhaus

2º dia – 26/5 

Reservamos esse último dia com o carro alugado para conhecer o Castelo de Neuchwanstein. Fica a cerca de 120 km de Munique, num caminho em que vimos a única estrada de 1 via e mão dupla da viagem, mas como sempre bem pavimentada e com belas paisagens rurais.

Chegando em Hohenschwangau
Chegando em Hohenschwangau

O castelo fica perto das cidades de Hohenschwangau e Füssen ao sudoeste da Baviera e sua construção foi concluída na metade do século XIX. Há um amplo estacionamento no local (€6),  mas se prepare pois a cidade deve estar bem lotada.

Você vai subir uma ladeirinha para chegar ao ponto de ônibus (€5,20 ônibus ida e volta) para o castelo e nesse caminho você pode ver o castelo de Hohenschwangau, não tão famoso quanto Neuchwanstein. Dá pra ir também de charrete, mas estava quente, por isso nem chegamos a pensar nessa opção.

Castelo de Hohenschwangau
Castelo de Hohenschwangau

Ao chegar se prepare para algumas boas caminhadas, mais subidas e mais fila pra bater foto na ponte. Lá você tem a vista mais incrível do castelo e da paisagem dessa região. Não chegamos a entrar no castelo, pois no momento que chegamos (quase 12:00) já não tinha mais entradas.

Castelo de Neuchwanstein
Castelo de Neuchwanstein
Castelo de Neuchwanstein - Área interna
Castelo de Neuchwanstein – Área interna

Voltamos de carro para Munique e fomos deixar o carro na locadora na estação de trem. Antes disso enchemos o tanque para fazer a entrega. 35,84 litros a €1,349 o litro, ou seja gastamos €48,35. Por tudo que andamos o Skoda Rapide se mostrou um carro bem econômico.

Como já estava de tardezinha decidimos tirar o resto do dia pra dar uma volta pelas ruas próximas à Marienplatz. DICA: Pra encerrar a noite peça uma cerveja Weiss Paulaner ou Hacker-Pschorr (€6/€7) no Zum Spöckmeier e/ou num quiosque que fica em frente à prefeitura na Marienplatz. Pra comer, peça um tradicional schnitzel (também chamado de escalope). Você vai curtir um ótimo momento no coração da cidade.

Noite na Marienplatz - em frente ao Neues Rathaus
Noite na Marienplatz – em frente ao Neues Rathaus

3º dia – 27/5 

Vale a pena passar por várias lojas próximo a Marienplatz e Karlsplatz. Há várias opções para comprar souvenirs (bem mais em conta que em Hohenschwangau).  Há desde as lojas mais baratas até a caríssima Hirmer.

Stachus Passagen
Stachus Passagen

Tem várias cadeiras nessas ruas pra relaxar. DICA: se gostar de futebol, passe na loja oficial do Bayern (apesar de eu preferir o Dortmund). Existem várias, vale a pena comprar uma lembrança. Comprei um boné pro meu pai que sempre gostou desse time.

Organização alemã na vender uniformes dos times da Bundesliga
Organização alemã na vender uniformes dos times da Bundesliga

Depois vá para Viktualienmarkt, com várias bancas e feirinhas onde vale a pena conhecer frutas locais que (nós pelo menos) não vemos aqui: porções de framboesas e cerejas (€1 a porção). Além disso estava bem animado tanto que não conseguimos mesas para sentar (imagina na Oktoberfest). Aqui, recomendamos o Zwickl, bar-restaurante bem aconchegante.

Viktualienmarkt - Muito animado
Viktualienmarkt – Muito animado

Pra encerrar o passeio em Munique, vá para a Odeonsplatz, uma das praças mais importantes da cidade, caminho que vale a pena ser feito à pé.  Lá chegamos a assistir um concerto de piano, estava bem movimentado.

Odeonsplatz
Odeonsplatz

A nossa ideia era ir pra Dortmund ver um jogo do Borussia. Como não deu, fomos assistir a final da Copa da Alemanha (sempre ocorre em Berlim, Dortmund venceu) pela TV no NV Club, a 500 metros da Odeonsplatz. Bons preços: cerveja Becks (€3,90) e uma ótima pizza de atum (€9,90).

No dia seguinte partimos para a Áustria e de lá para Suiça, o que será tratado nos próximos posts.

Reflexões finais sobre a Alemanha:

Estação Odeonsplatz - Munique
Estação Odeonsplatz – Munique

O metrô em Munique custa €2,80. Os metrôs de Munique tem as linhas U (subterrâneo) e S (rápido) e também o Trams (bonde), lá foi a primeira vez que pegamos deste tipo.

Por onde passamos vimos estações bem cuidadas, tão boas quanto as de Frankfurt. Lembre-se de validar o ticket na máquina depois de comprar, antes de embarcar. Confesso que só fomos descobrir isso depois de algumas viagens, não foi por má fé.

Ao contrário do que vimos em todos os outros países da Europa que conhecemos não há controle de catraca no metrô na Alemanha. A impressão é que tudo se baseia em confiança, algo que percebemos nessa região da Europa Central. No hotel que ficamos não havia nenhum controle na entrada do café da manhã, dava pra entrar sem pagar. Vale a reflexão…

Munique é uma cidade cara. Como tem muitos bares e quiosques pelas ruas, você também vê muitos banheiros, mas sempre cobrando de €0,50 a €1, todos com boa estrutura.

A Alemanha no geral é muito pet friendly. Você entra praticamente em todo canto com animais. Munique e Füssen foram os locais em que isso mais nos chamou a atenção.