JERIcoacoara :: O paraíso é aqui

Olá, pessoas! Tudo bem com vocês? Espero que sim. 😀

Este vai ser meu primeiro post, e eu resolvi começar com um destino nacional, da minha região, do meu estado, do Ceará. E não é um destino qualquer, é um paraíso: Jericoacora, considerada uma das 10 praias mais lindas do MUNDO!

JERI fica a, aproximadamente, 300km de Fortaleza, e pra chegar até lá, há que ser um pouco aventureiro. Afinal, se fosse fácil de chegar, não seria um paraíso, não é mesmo?! Vejam só:

UFA, né?! No meio do caminho, demos muitos pulinhos. Demos muitos pulinhos no meio do caminho. E, chegando lá, a gente já coloca o pé na areia. Sim, porque Jeri não tem negócio de asfalto pra esquentar a cabeça. Jeri é toda areia. Jeri é toda sol. Jeri é toda (a)mar.

E, por lá, atividades não faltam. Desde passar o dia todo deitado na praia relaxando e olhando pro mar… até fazer vários passeios – com ou sem emoção – pelas redondezas.

NA RUA PRINCIPAL, sempre tem vários bugueiros oferecendo passeios. Normalmente, eles oferecem dois tipos de passeios: litoral oeste ou litoral leste. O LITORAL OESTE é um passeio mais ecológico: inclui o Delta do Guriu, a Velha Tatajuba, a Nova Tatajuba, a Duna do Funil e a Lagoa Torta. Já o LITORAL LESTE é um passeio mais conhecido e engloba a Árvore da Preguiça, a Lagoa Azul, a Lagoa do Paraíso e a Pedra Furada.

Dessa vez, escolhemos fazer o LITORAL LESTE, mas sem a Pedra Furada. Porque, de fato, ela é uma furada. hahaha DICA: Se você é um turista/mochileiro/aventureiro nato e desbravador e está indo pela primeira vez a Jeri e não cogita voltar novamente, pode ir na Pedra Furada. Ela é bonita, sim! E o percurso, apesar de ser super cansativo e repleto de obstáculos, também é uma maravilha da natureza. EXPLICO: a Pedra está no passeio, mas o bugueiro não vai te deixar até lá, porque não passa carro. Ele vai até a área permitida, você desce lá e aí começa a saga sem fim. Mas quem tá na praia, é pra caminhar

DICA: Na Lagoa  do Paraíso, indicamos que passem um tempo no Alchymist Beach Club. Curtindo a vibe super animada e paradisíaca, entre um mergulho e (vários) outro(s) na lagoa. Lá, tem uma parte mais perto da lagoa meio vem-pro-meu-lounge-vem-que-hoje-tem, que precisa pagar pra ~ sentar ~ lá. E, mais pra trás, tem as barracas 0800. Não paga pra sentar, só pra comer. E beber. 😀 Pela qualidade do lugar, achamos o valor de alguns pratos e da cerveja razoáveis. Vale a pena. Agora, se você estiver na vibe safadón, e quiser ficar no espaço lounge, só se informe direito do valor antes de se sentar lá, pra não se assustar depois, ok?! 😀

Além dessas opções de passeios, Jeri também é muito conhecida pela Duna do Pôr do Sol, onde as pessoas sobem para admirar a crepuscular estação. O problema é que, de tanto as pessoas subirem, essa duna vem diminuindo, por conta da erosão. Tá certo que não deve ser por causa disso, mas optamos por não subir dessa vez, porque a gente tava muito cansado somos ecologicamente corretos e queremos o bem da natureza! \o/ Então, decidimos ver o sunset pela praia mesmo, numa barraca lounge super legal.

Querem sentir como foi nosso pôr do sol e nosso passeio pelo LITORAL LESTE DE JERI? Querem? Querem? 😀 Pois confiram no vídeo a seguir:

{ Jeri, “o país mais perto do Ceará”… onde vários mundos se encontram em um só lugar. } Espero que vocês tenham gostado! Até a próxima! :*

————

QUANDO FOMOS? Em julho de 2015. Mês de férias. A cidade estava completamente lotada, mas com aquela “vibe positiva solta pelo ar…” Ficamos de sexta a domingo.

COMO FOMOS? Fomos no nosso carro até Jijoca e, lá, pegamos uma D20 ~adventures~ até Jeri. Deixamos o carro no Estacionamento do Joel. E fomos pra Jeri com o Jacinto. DICA: se você quer ir na classe executiva (aka: cabine da frente), e não quer ir pendurado na parte de trás, fique de olho nas que estão vaguinhas.

ONDE FICAMOS? Pousada Baobá. Linda, florida e aconchegante. Fica no Beco Doce de Jeri. Não preciso dizer mais nada!

ONDE COMEMOS? Opções não faltam em Jeri, sua gastronomia é muito variada e cosmopolita. Indicamos, pra almoço, o Lagosteiro (Rua do Forró, 79, Centro). E, de noitinha, vale muito a pena ir ao Tortuga Jeri (Beco do Guaxelo, S/N), se deliciar com crepes maravilhosos e com aquela cervejinha gelada, ouvindo música boa. 😀

————-